Como atuamos.


O Instituto 100% Animais é uma organização do terceiro setor, constituída por empresários, que tem como objetivo promover ações efetivas em benefício ao bem-estar dos animais não humanos no Brasil. Construindo pontes entre cidadãos, empresas privadas e organizações de proteção animal, para que juntos possam viabilizar a ampliação qualitativa do atendimento aos animais, o Instituto 100% Animais dedica-se a criação de instrumentos e articulação de projetos que impulsionem o desenvolvimento sustentável das organizações do terceiro setor que tem como público-alvo os animais.


O Instituto 100% Animais pretende fortalecer, apoiar e incrementar parcerias com organizações do terceiro setor que já atuem na defesa do bem-estar aos animais domésticos, silvestres e exóticos potencializando ações sinérgicas simultâneas. As iniciativas estão voltadas à implementação de novas diretrizes e ações que promovam a viabilização financeira de projetos que possuem potencial de crescimento e estruturação deficitária, por meio da multiplicação de práticas positivas que já produzem resultados benéficos em algumas organizações. Para isso, o Instituto 100% Animais promove a disseminação de informações e atua de forma direta na intervenção de projetos que desejam se enquadrar no modelo sugerido de gestão administrativa, utilizando a padronização de processos e a captação de recursos do Instituto. Ampliando, assim, o poder de articulação de organizações estruturadas e autossustentáveis, pois sem a geração de sustentabilidade para as organizações sociais o impacto no setor continuará limitado.

Como atuamos.

O Instituto 100% Animais, atuando como um agente de transformação, disponibiliza apoio estratégico, prático e científico `a organizações voltadas a promoção da bem-estar e proteção animal. Incentivando projetos em diferentes regiões do país, de forma inovadora, ao promover a potencialização de ações simultâneas.

Na prática o 100% Animais atua da seguinte forma:

1-Causa e estratégia de atuação: Identifica um projeto que necessite de apoio, quais os propósitos da organização;

2-Representação e responsabilidades: define as responsabilidades das pessoas envolvidas no projeto;

3-Gestão e planejamento: Desenvolve um planejamento estratégico baseado na análise dos processos da entidade e das dificuldades enfrentadas, identificando formas inovadoras e eficazes para a solução de deficiências. As ações são executadas de forma ordenada;

4-Estratégia de financiamento: Cria ferramentas para a captação de recursos financeiros e busca o apoio da comunidade local para a ampliação dos serviços prestados pela entidade em questão;

5-Prestação de contas e comunicação: Implementa como co-colaborador as mudanças que foram previamente definidas na elaboração do Planejamento Estratégico da organização, juntamente com os gestores.

Por exemplo, temos uma instituição de cães e gatos abandonados, que passa por um surto de sarna e dificuldades financeiras. Após análise e estudo minucioso da situação da organização, apresentamos um planejamento estratégico elaborado com a expertise de diversos profissionais liberais que atuam no núcleo do Instituto. Neste caso, a organização precisa ter um site para divulgar seu trabalho e captar recursos por meio de doações realizadas pela internet. Desenvolvemos o site e buscamos aumentar a visibilidade desta organização nas mídias sociais para captação de recursos suficientes. Simultaneamente, incrementamos os eventos de adoção e buscamos apoio veterinário para combater a sarna. Assim, diminuímos o número de animais e aumentamos as entradas financeiras através da divulgação do trabalho na imprensa. Ao interagirmos a entidade com outros grupos sociais, ainda promovemos a captação de mais voluntários no desenvolvimento de ações efetivas na melhoria da situação da vida dos animais que estão abrigados nesta entidade.

O Instituto 100% Animais provoca a articulação e o diálogo entre diversas esferas sociais, interagindo e envolvendo os indivíduos na causa animal.

O Instituto 100% Animais quer criar uma corrente de fazer o bem na causa animal, estimulando a doação de diversos setores sociais que podem realmente fazer a diferença na melhoria da qualidade de vida dos animais, se forem bem direcionados e corretamente aplicados. Seja você também um articulador social!