Projeto Tamar completa 35 anos preservando nossas Tartarugas

Por em 03 September, 2014

O Projeto Tamar foi criado em 1979 e suas atividades se intensificaram ao longo de 35 anos de árduo trabalho de preservação e conscientização da população quanto a importância das tartarugas para o ecossistema marinho e terrestre. Tudo começou com a indignação de estudantes de biologia que se depararam com a matança de tartarugas pelos pescadores no Atol das Rocas, no Rio Grande do Norte, conta o oceonógrafo Guy Marcovaldi, um dos fundadores do Projeto Tamar. "Nós éramos estagiários do Museu Oceonográfico do Rio Grande do Norte e estávamos coletando conchas para o acervo do museu, quando uma de nossas colegas veio gritando, pedindo socorro, depois de ver pescadores capturando 11 tartarugas que estavam desovando, destas 3 foram mortas, mas conseguimos salvar as outras 8 fêmeas". Eles tiraram fotos da matança e enviaram ao governo federal, que foi receptivo a ideia de promover uma ação de proteção a fauna marinha. "Naquele momento o Brasil não tinha nenhum trabalho de preservação ambiental marinha", conta Guy. Durante 2 anos, percorremos todo o litoral brasileiro para conhecer os pontos de desova e fazer o diagnóstico da situação. O grupo apresentou o projeto no dia 5 de Junho de 1979 (Dia Mundial do Meio Ambiente) e nesta data foi criada a Reserva Biológica do Atol das Rocas.

O sucesso do Projeto Tamar demonstra como a parceria entre o privado e o público é a ponte perfeita para a preservação das espécies. 

Parabéns as pessoas que não se acomodaram com o que viram e transformaram a matança daquelas tartarugas em um exemplo de vida ao mundo todo!!!

Jô Dvoranovski

Empresária na área de tecnologia de segurança. Identificou que para ampliarmos nossa atuação na causa animal precisamos profissionalizar processos e criar padrões sustentáveis para ajudar na melhoria da vida dos animais. "Quando pensamos sobre os animais abandonados que vivem nas ruas, pensamos em qual instituição? Quando pensamos em animais que sofrem maus-tratos, qual entidade que vem a nossa mente? Quando pensamos no tráfico de animais no Brasil, pensamos em qual órgão de proteção? O Brasil carece de união dos formadores de opinião da causa animal. Para isso que criamos o 100% Animais".

Deixe um comentário

Campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.